sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Jornalista britânico capturado pelo EI escreve artigo em revista islamita


Estado Islâmico, terrorismo, Reino Unido, jornalistas, declaração, EUA, Barack Obama

Os militantes do Estado Islâmico publicaram na Internet um artigo, que, supostamente, foi escrito pelo jornalista britânico cativo John Cantlie, no qual ele conclama o presidente norte-americano Barack Obama a não interferir nos acontecimentos no Oriente Médio.

De acordo com o jornal online Iraqi News, o artigo intitulado "Se eu fosse o presidente dos Estados Unidos agora" ("If I Were The U.S. President Today") foi publicado na revista Dabiq, do EI. Em outubro, a revista já havia divulgado um material, assinado por Cantlie, no qual ele pedia ao governo britânico para negociar a sua libertação.
"Se eu fosse o presidente dos Estados Unidos, agora, eu desligaria provavelmente o meu celular, fecharia todas as portas na Sala Oval (da Casa Branca) e começaria a jogar golfe em vez de intervir (nos eventos no Oriente Médio)", afirma o referido artigo. Ele também comparou as ações do governo norte-americano com um "robô que está constantemente fazendo ações erradas, apesar dos repetidos comandos de seu mestre para fazer tudo ao contrário".

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.