sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Putin não aconselha a envolver a Rússia “em intrigas geopolíticas”


Russia, Ocidente, Putin, politica
Foto de arquivo

O presidente russo Vladimir Putin, no decorrer de uma reunião com os dirigentes militares do país em 26 de novembro em Sochi, voltou a definir claramente a posição da Rússia na política mundial. A ideia principal da parte política da declaração de Putin é que Moscou não tenciona atacar ninguém, mas tão pouco permitirá envolver a Rússia em intrigas geopolíticas.

Como qualquer outra declaração do presidente russo, esta última deve ser considerada através do prisma dos acontecimentos em rápido desenvolvimento na Europa, e em especial no contexto do que está acontecendo dentro e em torno da Ucrânia.
A Rússia, segundo deu a entender Vladimir Putin, não está mostrando nenhuma agressividade, não está cercando ninguém com bases, mas está disposta a defender a sua própria segurança e de seus amigos por todos os meios necessários:
“Nós não estamos ameaçando ninguém, e não tencionamos nos envolver em quaisquer jogos geopolíticos, intrigas, e muito menos em conflitos, seja como ou quem nos queira neles envolver. Ao mesmo tempo, é necessário proteger de forma segura a soberania e a integridade da Rússia, a segurança dos nossos aliados. E chamo especial atenção para a necessidade de uma abordagem abrangente e de uma combinação dos esforços de todas as estruturas de poder estatal na resolução de problemas no domínio da defesa nacional”.
Em Sochi, Vladimir Putin realizou uma série de reuniões importantes com militares russos sobre assuntos de desenvolvimento do sector militar e de planejamento militar. O presidente russo falou algumas semanas antes de serem publicados esclarecimentos sobre a doutrina militar da Rússia. A doutrina vigente foi adotada em 2010. Mas a crescente agressividade da OTAN, os problemas da defesa antimíssil norte-americana na Europa, as escapadelas da OTAN e de Washington na Ucrânia mudaram completamente a natureza dos perigos militares e das ameaças geopolíticas.
Os peritos não precisam “decodificar” as palavras do presidente, diz o professor Vladimir Shtol. Durante toda a década de 2000, a Rússia tem enfrentado tentativas de envolvê-la ora na guerra no Afeganistão, ora na guerra na Líbia, ora no confronto entre o Ocidente e o Irã, ora diretamente no conflito na Síria. Agora os Estados Unidos estão tentando transformar a crise ucraniana num conflito “constantemente ardendo em fogo lento”. A nova doutrina, acredita Vladimir Shtol, deve dar a Moscou ferramentas adicionais para manobrar em condições geopolíticas em rápida mudança, pontos de referência mais bem definidos:
“Primeiro de tudo, ela vai marcar a passagem da dependência de importações, a substituição de importações e uma maior utilização de seus próprios desenvolvimentos técnico-científicos, experimentais e construtivos. Deve ser fixado o aperfeiçoamento do escudo nuclear estratégico do país, o desenvolvimento de armas convencionais. Em princípio, não veremos nada de particularmente novo. Mas será claramente fixada uma mudança no sentido do reforço da componente militar da política externa”.
Depois dos golpe de Estado organizado pelos Estados Unidos em Kiev, após o início de uma nova ofensiva da OTAN em direção às fronteiras da Rússia, peritos russos começaram a dizer abertamente que a versão atual da doutrina está irremediavelmente ultrapassada. Ela contém expressões demasiado diplomáticas. Elas eram baseadas nas expectativas não concretizadas de parceria com os EUA e a OTAN. Agora que as relações com o Ocidente estão extremamente tensas, é necessário indicar claramente de onde provêm as ameaças, o que elas são e quem é seu iniciador.
Entre outras coisas, a doutrina definirá em mais detalhes o desenvolvimento do Ártico, a criação de forças de Defesa Aeroespacial e a substituição de importações por causa das sanções contra Moscou.
  • #luisluis Ontem, 17:01
    GOLPE ORGANIZADO PELOS EUA EM KIEV? DA ONDE? FOI O PRÓPRIO POVO QUE FOI AS RUAS PEDIR A SAÍDA DO PRESIDENTE,QUERENDO A UNIÃO COM A EUROPA..OS EUA NÃO INTERVIRAM EM NADA...O CARA TÁ VIAJANDO...ESTES PAÍSES QUE ANTES ERAM SOVIÉTICOS NÃO QUEREM NADA MAIS COM A RÚSSIA..
  • #carvalhocarvalho Ontem, 18:20
    Rússia fica ai dormindo só pra ver.
  • #Carlos Laet de SouzaCarlos Laet de Souza Ontem, 18:48
    Claro que foi golpe. Todas aquelas manifestações violentas foram, o tempo todo, apoiadas pelos EUA e UE que não se cansaram de mandar representantes para a Praça Maidan. Quando a polícia tentava reprimir os manifestantes, vinham as críticas e as ameaças do Ocidente. Finalmente, foi feito um acordo entre as partes, o qual foi desrespeitado em menos de 24 horas. Foi golpe. Por outro lado, se é verdade que, teoricamente, a maioria dos ucranianos queriam se aliar a UE, sem nada receber em troca, as regiões mais adiantadas do país, o Leste, não queria. Por isto se revoltou. Então, se o que vale é a vontade do povo, deve-se fazer como na Iuguslávia e deixar que o Leste fique independente. Mas afinal, se a UE e os EUA estão tão interessados na democracia ucraniana, por que não os ajudam financeiramente?
  • #Admilton SilvaAdmilton Silva Ontem, 19:24
    Foi a estrema direita ukraniana com a ajuda dos eua que planejaram e implementaram durante mais de dez anos com ajuda de ongs pro ocidente a derrubada de um governo legitimo ! Por favor ! não escrevam asneiras nesta losa !!!!!
  • #Admilton SilvaAdmilton Silva Ontem, 19:25
    extrema é com 'x' sory !
  • #ronyrony Ontem, 19:38
    luis de duas uma: ou és inocente desinformado. ou não passa de mais um agente desinformador
  • #Yamada KubotaYamada Kubota Ontem, 19:40
    Luiz, não estou defendendo a Russia, mas na verdade quem iniciou a crise na Ucrânia, foi a Europa, e depois passaram o bastão aos EUA, que com sua arrogância e vontade de trucidar o mundo debaixo de seus pés, inclusive o Brasil e olhe lá, o que os EUA querem com isso é se alimentar de opções para que os mesmos possam em uma guerra relâmpago abafar os misseis nucleares Russos, é essa a intenção de toda essa confusão na Ucrânia, acontece que os dirigentes Russos vacilaram quando da crise que derrubou o ex presidente Ucraniano, em não ter ocupado imediatamente toda a Ucrânia, com excessão de KIEV, que ficariam sem braços e pés para se movimentar rumo aos espaços Ucranianos onde está acontecendo a matança, se ela tivesse feito isso, não estaria essa matança que vemos hoje, a Ucrânia não interessa aos EUA, o que eles querem mesmo é cercar a RUSSIA, para deixala sem mãos braços e pernas para reagir, e ai sim se isso acontecer, estaremos escravizados em todas as gerações, sabe porque? Os EUA não gostam de ninguem, o que eles querem é dominar o mundo totalmente juntamente com a Europa, e se isso acontecer, estaremos todos lascados para sempre, porque eles dominando a Russia, fatalmente dominarão a China, e ai meu amigo ou a China faz o que eles querem ou vão pro buraco juntamente com seus dirigentes, lembre-se a Ucrania não serve vnada para os EUA, eles querem somente fincar os pés lá para depois liquidar a Russia, mas ai tem um porem, a Russia vai deixar isso anotecer, ai a resposta é com eles, os EUA querem a Russia não a Ucrânia, saiba disso, porque os mesmos atrapalham demais os planos americanos militarmente, mas ai a história é mais embaixo, e saiba o plano americano falhou e é por isso que está acontecendo toda essa matança no restante do território Ucraniano, é somente isso, agora militarmente a Russia temos que reconhecer é um país muito poderoso, não é de se brincar.
  • #Motxucua FranciscoMotxucua Francisco Ontem, 19:48
    Luis voce não coneche a Historia da Russia e tambem pareces que estas sempre a assistir mutos filmes norte americanos.Acorde e veja bem oque está acontecendo.os EUA teem muta inveja do crescimento rápido da sua economia .Russa e o dolar esta de mal a pior.apenas um topico. a RUSSIA criou os BRICS.
  • #Carlos CorioCarlos Corio Ontem, 19:52
    Está mal informado, Luis... muito mal informado. Primeiramente derrubaram um presidente legitimamente eleito de forma totalmente ilegal. Não querendo entrar em minúcias, pois a net está "abarrotada" de informações em sites insuspeitos, o que se via depois da efetiva derrubada do mesmo a poucos meses das eleições, era um povo fazendo deutcher grub em praça pública, descaradamente, à la volonté... Para finalizar, boa parte do ouro do banco central de Kiev pode ter ido para os states. Entre cada oração que está em minha postagem, existem lacunas que podem ser preenchidas com centenas de informações complementares.
  • #felipe safelipe sa Ontem, 20:35
    Luis vc esta errado
  • #felipe safelipe sa Ontem, 20:36
    Crimeia sempre foi território russo foi um presente da russia para ucrania so que os eua estao metendo o dedo à onde não deve america é america e asia e asia ......
  • #felipe safelipe sa Ontem, 20:37
    Nunca os russos vão se submeter aos americanos pode ter certeza disso...
  • #roberto machado cassucciroberto machado cassucci Ontem, 21:15
    Boa tarde... Sim, devemos respeitar Sempre, a vontade do povo. Do povo da Ucrânia; do povo da Criméia; do povo da República Popular de Donetsk; do povo da República Popular de Lugansk... ou apenas a vontade dos povos dos estados alinhados aos poderes imperialistas ??
  • #aldinhoaldinho Ontem, 21:16
    não entende nada o que esta acontecendo no mundo né amigo?
  • #Alexandre Da Rocha GomesAlexandre Da Rocha Gomes Hoje, 00:28
    EUA também não tiveram nada a ver com o golpe de 1953 que destituiu O Mossadegh no Irã para plantar o Xá fantoche Reza Parlev, não é mesmo? Piada. Os EUA são famosos em plantar o caos no mundo a muito tempo. A CIA foi criada em grande parte pra isso mesmo. Adivinha quem criou Bin Ladem e Sadan Hussein? Quem promoveu os ditadores da américa latina? Povo de memória curta.
  • #KILDARE PEREIRAKILDARE PEREIRA Hoje, 02:18
    O presidente Putin cometeu um erro gravíssimo em não ter realizado a reincorporação, no mínimo, de todo o lado oriental ucraniano, territórios dos tzares. Se tivesse ocorrido intervenção militar russa, não teria havido destruição das cidades e de milhares de inocentes assassinados, população russa.. Agora, devido a omissão, o presidente russo colocou a segurança da Rússia em perigo. Putin, não esqueça de que a OTAN já está presente nos países Bálticos, numa clara violação dos acordos firmados com Gorbachev.
  • #H. RomeuH. Romeu Hoje, 05:08
    E como sempre EUA fazendo uso do saque. Já levaram o ouro ucraniano. Mas esta o Luis também deve desconhecer.
  • #Just.DJust.D Hoje, 05:12
    Não dêem importância para este tal aliena luis!
  • #martinsmartins Hoje, 07:32
    Vocês só conversam besteira,se soubessem do. que falam até valeria a pena ler,seus babacas se a madrasta Rússia é tão boa vão morar lá pra ver como bom morar num país onde as pessoas não tem justiça isenta ,liberdade de pensamento,etc e onde o governo só investe em armamentos e o povo a ansiar por dias melhores como se tudo caisse do céu,todos os paises precisam um do outro no campo economico,militar ,cientifico ,etc a Rússia vive de exportar petroleo e gás ,está sofrendo com as sançoes ,porém continua com sua retorica agressiva ,certamente o putin nao está sofrendo nada já que tem um fortuna pessoal de bilhoês,porém o povo russo ,o povo russo de maioria absolutamente pobre é que está sentindo na pele os efeitos da sançoes,um país que nada prodys
  • #martinsmartins Hoje, 07:38
    É Preciso integração entre paises e não separação ,pois ,só assim nasce possibilidades de crescimento em conjunto,olha o exemplo da Europa que unida está superando a crise e a madrasta só pensando em guerra ,em querer se impor no mundo com. sua retorica belisista...
  • #carl edfl camcarl edfl cam Hoje, 09:38
    Luiz é bom ler livros de história antes de opinar você está escrevendo para mais de setenta mil pessoas, se você for brasileiro, por favor não passes atestado de inculto para os estrangeiros, não reforces a fama de ignorantes que os estrangeiros nos imputam.A Crimeia sempre foi defendida pela Russia desde o ano 700 DC, e a Ucrânia era área de influência da Russia sempre foi e depois da burrada que eles cometeram de ficar ao lado dos nazistas na segunda guerra os aliados concordaram que aquele território seria controlado pela antiga união soviética. A Russia não quer as outras cidades ucranianas,tanto é que se você ler com atenção vai ver que eles sempre escrevem "A REPÚBLICA AUTO PROCLAMADA DE DONETSKE", esse auto-proclamada significa que eles, os ucranianos se dizem assim, mas os russos ficam em relação a isto, numa posição neutra e em relação as outras cidades que querem se separar. Quanto a Crimeia,ela foi surrupiada da Russia pela corrente ucraniana que tinha vencido as eleições internas do partido comunista da URSS, sob o comando do ucraniano de Nikita Khrushev, que alguns maliciosamente escondem que ele não era russo e sim ucraniano e por isso, presenteou o seu povo com uma província que por direito, era da Russia.A Ucrânia sempre foi cobiçada pela Europa!!!!!!
  • #carl edfl camcarl edfl cam Hoje, 09:51
    Se os Estados Unidos e a União Europeia estão colocando centenas de bases de misseis em volta da Russia é porque estão preparando algo o ocidente não é confiável nem para eles e nem para si próprio os estados unidos comprovadamente atacaram vários países e financiaram revoltas internas dividiu para dominar e a Europa também, comprovadamente ao longo da história fez isto é só ler para concluir que a África,por exemplo está no atraso em que está porque foram sugados pelo ocidente, EUA e UE não há como negar isto.A Russia não tem que se deixar levar por esses joguinho sujo que está acontecendo é o mesmo jogo que a UE e Os EUA fizeram com o Iraque!!!
  • #KILDARE PEREIRAKILDARE PEREIRA Hoje, 14:31
    Enquanto o presidente Putin pensa assim, a OTAN avança para bem próximo das fronteiras russas, com mais armamentos e tropas. Ou faz a reincorporação de todo o leste ucraniano ou a segurança da Rússia estará comprometida.
  • #superultrasuperultra Hoje, 14:52
    PUBLIQUE! Putin os EUA são descaradamente traiçoeiro acabarão com a URSS pondo no comando da mesma um líder comprado por eles!, se os russo retrocederem um milímetro serra um risco de esticão dos russos! ou os russos unanimemente se alinha com força total ou pode ser o fim da RÚSSIA! em pouco tempo! e hora de reagir energicamente pois a Rússia já esta a Atrás no jogo NA Ucrânia, POIS NÃO ADIANTA TER DE VOLTA A CRIMEIA SE VIZINHO TEM UMA MEGA FORTALEZA DA OTAN PRONTA A ABATER OS MISSEIS DE DISSUASÃO NUCLEAR ESTRATÉGICOS DA RÚSSIA ELIMINANDO ASSIM O POTENCIAL DA RÚSSIA NA ESTRATÉGIA DE DISSUASÃO NUCLEAR!!! ISTO JAMAIS PODE OCORRER! SE NÃO SERÁ O FIM DA RÚSSIA SE DEPENDER DE MIM, NÃO DEIXAREI ISTO OCORRE NUNCA JAMAIS!!! FORÇA RÚSSIA QUE D`US VOS FORTALEÇA
  • #Lima de DeusLima de Deus Hoje, 15:08
    Alexandre, quando voce diz: " ...Adivinha quem criou Bin Ladem e Sadan Hussein? Quem promoveu os ditadores da américa latina? Povo de memória curta..." eu, nesse aspecto, só posso gostar dos EUA, porque, se não fosse os "ditadores militares" estaríamos pior que Cuba hoje e esse novo governinho está afundando o Brasil, inclusive sem resposta para os 60.000 brasileiros mortos/ano.
    Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_11_27/Putin-n-o-aconselha-envolver-R-ssia-em-intrigas-geopol-ticas-5011/

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.