quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Mateus Zimba, indiciado de estar envolvido no escândalo da LAM na aquisição dos aviões “Embraer”, foi afastado do cargo


Jr Chauque
 a sentir-se farto.
Para os amigos que alertaram que o anexo estava indisponível aqui esta de novo ,onde o corrupto está perdeu as malas e parece que GCCC Estará a espera dele ....para um chá.
Mateus Zimba afastado da “General Electric Oil & Gas”
Indiciado no escândalo dos subornos da “Embraer”
Mateus Zimba, indiciado de estar envolvido no escândalo da LAM na aquisição dos aviões “Embraer”, foi afastado do cargo de executivo regional da “General Electric Oil & Gas” em Moçambique, que ocupava desde Agosto do ano passado, soube o “Canalmoz” de fontes ligadas à empresa.
Segundo as mesmas fontes, a decisão já havia sido tomada em Novembro, quando o escândalo explodiu na imprensa internacional e quando Mateus Zimba era apenas referido como sendo “o agente C”. Os norte-americanos da “General Electric” já sabiam que se tratava de Mateus Zimba, pois tiveram o processo muito antes, quando a “Boeing” se sentiu injustiçada no concurso da venda dos aviões à LAM. Desde então, Mateus Zimba já sabia que não podia continuar à frente das operações da “General Electric” na África Austral pela razão óbvia da violação das normas de “compliance” [cumprimento da lei] dos procedimentos norte-americanos.
A decisão foi formalizada há dias. Mateus Zimba está envolvido num escândalo de recebimento de uma comissão de 800.000 dólares norte-americanos, que serviram para facilitar o negócio de compra de aviões à “Embraer”, para a empresa LAM.
O caso já está no Gabinete Central de Combate à Corrupção, instituição adstrita à Procuradoria-Geral da República, para os devidos procedimentos.
Foi criado o processo n.o 52/GCCC/2016, que decorre os seus trâmites legais para a investigação.
A informação referente ao escândalo foi divulgada recentemente pelo primeiro-ministro, Carlos Agostinho do Rosário, na sessão de perguntas ao Governo na Assembleia da República.
Uma vez que o caso envolve a empresa brasileira “Embraer”, no próprio Brasil decorre um outro processo-crime em conexão com o mesmo caso.
Para já, sabe-se que a procuradora-Geral da República, Beatriz Buchili, esteve recentemente no Brasil, para tentar perceber os factos do escândalo.
Existe a possibilidade de Mateus Zimba vir a ser julgado e condenado devido ao mesmo caso. Em consequência desta denúncia, a “General Electric Oil & Gas” não teve outra saída senão afastar Mateus Zimba.
A informação de que o escândalo já está no GCCC foi divulgada dias depois de a bancada parlamentar da Frelimo na Assembleia da República ter solicitado a marcação, com carácter de urgência, de uma sessão para debater este escândalo.
A Frelimo diz que a sessão tinha de ser na presença do Governo. Segundo a denúncia, Mateus Zimba, que na altura da acção criminosa era representante executivo da empresa petroquímica sul-africana “Sasol” em Moçambique, entrou no esquema como consultor.
Para a execução do plano com sucesso, os gestores da LAM e o “consultor” Mateus Zimba decidiram criar uma empresa fantasma, sediada em São Tomé e Príncipe, denominada “Xihevele”.
Foi com base nesta empresa que tudo se processou. É a primeira vez, na história do multipartidarismo, que a Frelimo quer um debate sobre corrupção.
Normalmente actua como força de bloqueio, para defender suspeitos e corruptos, seus agentes no Governo.
Nyusi afasta esposa de Mateus Zimba da reitoria da UEM
Recentemente, quando Filipe Nyusi realizou mudanças na Reitoria da Universidade Eduardo Mondlane, decidiu afastar vice-reitores, nomeadamente Ângelo António Macuácua e Ana Maria da Graça Mondjana, a qual é esposa de Mateus Zimba. (André Mulungo)
CANALMOZ
GostoMostrar mais reações
8 comentários
Comentários
Nércio De Sousa Amós
Nércio De Sousa Amós A justiça tarda mas não falha
Gosto · 3 · 10 h
Rosy Issá Duarte
Rosy Issá Duarte Procurou, achou
Gosto · 2 · 9 h
AJ Frangoulis
AJ Frangoulis O lugar de ladrão é na Cadeia!
Gosto · 1 · 8 h
José Fernando Nguetsa
José Fernando Nguetsa E ainda falta outros k nos fazem sofrer devido a ganância...
Gosto · 2 · 7 h
Mario Eduardo Lithuri
Mario Eduardo Lithuri Ponto final e basta chega
Gosto · 5 h
Manuel Cardoso
Manuel Cardoso Obrigado pelo trabalho de nos trazer estas verdades que alguns não quereriam que soubéssemos. Quando o baralho de cartas começa a desfazer-se vai tudo, todos abaixo.
Gosto · 1 · 4 h
Joefarman Manjate
Joefarman Manjate Moçambique meu país colocado na maior vergonha!
Gosto · 3 h
Sam Lopes B
Sam Lopes B Argh, o trabalho do GCCC nao vai resultar em nada pois que na PGR vivem as comadres do gajo...e estao a rir-se de tudo isso! 

Os "gringos", esses sim, nao brincam em servico e nao querem matequenha no seu seio! Nao ficaria admirado se for nomeado PCA de uma das nossas instituicoes publicas....

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.