quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Uma mãe planeou e assistiu à violação e morte da própria filha


Uma mãe planeou e assistiu à violação e morte da própria filha
janeiro 11
01:072017
É um crime que está a chocar os americanos. Uma mãe e o respetivo namorado estão a ser acusados de terem planeado a violação e a morte da filha adotiva, uma jovem de 14 anos, noticia o Daily Mail.


De acordo com a imprensa, Sara Packer e Jacob Sullivan terão planeado abusar sexualmente e, por fim, assassinar Grace Packer, como parte de um fetiche sexual de ambos.
O crime ocorreu em Abington, Pensilvânia, em julho passado, altura em que a adolescente foi dada como desaparecida.
O corpo, desmembrado, só foi encontrado no dia 31 de outubro, por caçadores que passavam na floresta.
A investigação apurou que a mãe da adolescente assistiu ao momento em que o namorado, para sua satisfação sexual, violava Grace. Depois disso, amarraram e deixaram a jovem sozinha no sótão, tendo inclusivamente drogado a filha com comprimidos.
Mais tarde, e constando que ainda estava viva, Jacob Sullivan estrangulou-a até à morte. Acredita-se que tenham cortado o corpo com uma serra em outubro quando regressaram ao local. As autoridades não têm dúvidas de que o crime foi resultado de um fetiche sexual acordado entre os dois.


O casal está agora nas mãos da justiça que os acusa de homicídio, violação, além de maus-tratos, rapto, profanação de cadáver, e obstrução à justiça por terem dito às autoridades que a adolescente ainda estava viva e que tinha fugido de casa para ir visitar uma amiga. Reportaram o desaparecimento da jovem passado três dias do crime.
Fonte:Noticias ao minuto

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.